“Havendo a juventude entregado o coração a Deus, não cessa ainda nossa responsabilidade em seu favor. É preciso que eles se interessem na obra do Senhor e sejam levados a ver que Ele espera que façam alguma coisa para que Sua causa avance. Não basta mostrar quanto se precisa fazer, e insistir com a juventude para tomar parte. É preciso ensinar-lhes a maneira de trabalhar para o Mestre. Exercitá-los, discipliná-los, treiná-los nos melhores métodos de atrair almas para Cristo. Ensinai-os a experimentar, quieta e despretensiosamente, auxiliar seus jovens companheiros. Disponham-se sistematicamente vários ramos de trabalho missionário, nos quais eles possam tomar parte, e deem-se-lhes instruções e auxílio. Assim aprenderão a trabalhar para Deus” (Obreiros Evangélicos, p. 210).
“Havendo a juventude entregado o coração a Deus, não cessa ainda nossa responsabilidade em seu favor. É preciso que eles se interessem na obra do Senhor e sejam levados a ver que Ele espera que façam alguma coisa para que Sua causa avance. Não basta mostrar quanto se precisa fazer, e insistir com a juventude para tomar parte. É preciso ensinar-lhes a maneira de trabalhar para o Mestre. Exercitá-los, discipliná-los, treiná-los nos melhores métodos de atrair almas para Cristo. Ensinai-os a experimentar, quieta e despretensiosamente, auxiliar seus jovens companheiros. Disponham-se sistematicamente vários ramos de trabalho missionário, nos quais eles possam tomar parte, e deem-se-lhes instruções e auxílio. Assim aprenderão a trabalhar para Deus” (Obreiros Evangélicos, p. 210).
Love
6
·1118 Visualizações